Prefeito americano é morto em missão no Afeganistão

O prefeito da cidade de North Ogden, no estado americano de Utah, morreu após ser baleado durante uma missão no Afeganistão neste sábado (3).

Brent Taylor, de 39 anos, tirou uma licença de um ano de seu cargo de prefeito para servir com a Guarda Nacional de Utah em uma missão comandada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em território afegão. O objetivo da operação era treinar e fortalecer o Exército nacional do país.

De acordo com as primeiras informações divulgadas, Taylor foi atingido por disparos efetuados por um dos militares afegãos que recebia treinamento. Além dele, outro militar ficou ferido na ação.

As identidades do outro americano ferido e do soldado afegão que realizou o disparo não foram divulgadas. Porém, segundo afirmou Debra Richardson, porta-voz da Otan, o agressor “foi morto imediatamente por outras forças afegãs”.

A organização se recusou a detalhar as circunstâncias e o local do ataque. Segundo o jornal The New York Times, contudo, o treinamento era realizado em um centro de operações especiais dos Estados Unidos em Cabul.

Taylor se tornou oficial de inteligência militar depois de se juntar ao Exército americano após os ataques terroristas de 11 de setembro. Ele foi para o Afeganistão no começo deste ano, segundo a agência de notícias Reuters.

Esta era a sua quarta missão com as forças americanas: já havia servido uma vez no mesmo país e outras duas no Iraque. A previsão para seu retorno estava marcada para janeiro do ano que vem.

Brent Taylor deixou uma esposa e sete filhos. O governador de Utah, Gary Hebert, lamentou o episódio. “Nossas mais profundas condolências a orações estão com sua esposa, Jennie, seus filhos e toda a família. Todos de Utah estão de luto com vocês”, escreveu ele no Twitter.

Este foi o segundo ataque do tipo registrado no Afeganistão em menos de duas semanas. Em 22 de outubro, um comando afegão abriu fogo contra membros de uma operação da Otan liderada por americanos na província de Herat, matando uma pessoa e ferindo duas.

Deixe uma resposta