Por que escrever uma cartinha sentimental de despedida?

Em uma dessas “megastores” em extinção, onde a turma fica cochilando nas poltronas depois do almoço, li um livro de conferências do israelense Amós Oz. Gostei de uma frase que era mais ou menos assim:

“As duas principais armas contra o fanatismo são a curiosidade e o humor”

Como não comprei o livro, o trecho não é literal. Mas é por aí.

Ser curioso é fazer perguntas sobre o mundo. Em troca, podemos receber qualquer coisa. As respostas mais legais são aquelas que chacoalham nossos cérebros e colocam nossos preconceitos em xeque.

Quanto ao humor a que Amós Oz se refere, essa parte eu não entendi. Talvez tenha a ver com a foto deste post.

Ao criar este blog no final de 2015, a ideia era convidar os leitores a embarcar numa viagem e preparar-se para o inusitado, para o desconhecido. Muita gente correu logo para sentar na janelinha. Mas o passeio acabou.

Os posts continuarão disponíveis e o livro 100 Dúvidas Universais seguirá à venda no Kindle, mas o blog não será mais atualizado.

Agradeço a todos que me deram essa oportunidade, aos que comentaram os textos e aos que sugeriram novos temas. Não vou citar ninguém, para não provocar ciumeira.

Só agradeço nominalmente a Exu, a quem ogã Chacrinha ficou de fazer um agradecimento especial.

Abração!

Deixe uma resposta